Deputado quer reduzir em 50% o salário de todos os políticos para garantir pagamento do auxílio emergencial

Reportagem Folha Paraíso

O deputado federal paranaense Emerson Miguel Petriv, o Boca Aberta (PROS), protocolou, no último dia 10 de fevereiro, um Projeto de Lei (PL) na Câmara dos Deputados, em Brasília, objetivando a redução de 50% dos salários do executivo e legislativo dos entes da federação para estender o pagamento do auxílio emergencial até que todos os brasileiros adultos tenham sido vacinados contra a covid-19.

Pelo projeto, a redução abrange os salários do Presidente e Vice-Presidente da República, dos Ministros de Estado, Conselho da República e Conselho de Defesa Nacional, bem como dos senadores e deputados federais. Já no âmbito estadual, a redução seria nos salários do Governador, Vice-Governador e dos deputados estaduais e, no âmbito municipal, do Prefeito, Vice-Prefeito e vereadores. Além disso, todos os cargos comissionados (tanto federais como estaduais e municipais) também teriam a redução de 50% no salário.

Na justificativa para o projeto, Boca Aberta afirma que "o auxílio emergencial foi uma das medidas mais importantes de apoio à população diante da crise social, econômica e sanitária provocada pela pandemia". Com isso, ele defende que o auxílio no valor de R$ 600 (seiscentos reais) seja mantido até que o país atinja a vacinação de todos os brasileiros, evitando que o benefício seja interrompido e deixe milhões de famílias sem renda para suprir suas necessidades básicas.
Deputado quer reduzir em 50% o salário de todos os políticos para garantir pagamento do auxílio emergencial Deputado quer reduzir em 50% o salário de todos os políticos para garantir pagamento do auxílio emergencial Reviewed by Folha Paraíso on fevereiro 16, 2021 Rating: 5

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.