Filho enterra pai na garagem e mata mãe asfixiada, em Curitiba

Fonte: Felipe Ribeiro e Djalma Malaquias - Banda B

Um homem de 40 anos foi preso, na tarde deste sábado (15), suspeito de matar os pais em uma casa do bairro Cajuru, em Curitiba. A mãe foi encontrada morta no andar da cima da residência, com as mãos amarradas. Já com relação ao pai, a suspeita é que ele esteja enterrado no terreno há pelo menos uma semana. Na delegacia, Sergio Castorino Junior confessou o cometimento de ambos os crimes.

De acordo com a Polícia Militar (PM), familiares desconfiaram de algo suspeito após terem reparado em marcas de sangue na residência da Rua Dom João VI. “Os familiares relataram que o pai não era visto há oito dias, que teria ido pescar, enquanto a mãe estaria desaparecida há dois dias. A equipe do Grupo de Operações de Socorro Tático (Gost), do Corpo de Bombeiros, agora faz o trabalho de apoio para a perícia”, descreveu o tenente Daniel, do 20° Batalhão da Polícia Militar.

Além das mãos amarradas, a mãe estaria com um saco plástico na cabeça, o que indica uma morte por asfixia. Segundo o relato do filho, o crime foi cometido na sexta-feira (14), data do aniversário de 69 anos da vítima, Maria Noilda de Oliveira.

À Banda B, uma moradora da região informou que o detido é conhecido por agredir o pai. “Ele estava ‘bem louco’ há dois dias e cheguei a comentar com a minha cunhada que ele ia aprontar, agora isso”, lamentou.

Segundo a polícia, o pai foi identificado como Sergio Castorino e teria sido morto no último domingo (9). Um espeto de churrasco teria sido utilizado para o crime. Segundo o tenente Daniel, o suspeito alegou que cometeu o crime após o pai se negar a entregar dinheiro para a compra de drogas. “A mãe estava viajando durante a discussão do rapaz com o pai, no domingo passado. Como o pai não teria cedido, o crime aconteceu. A mãe retornou durante a semana e, diante da insistência de saber o que havia acontecido, também acabou morta”, explicou.

Com a prisão, Junior foi encaminhado à Central de Flagrantes de Curitiba. No quarto do agressor, a Polícia Militar encontrou uma quantia considerável de cocaína.

A Polícia Civil segue investigando o caso.
Filho enterra pai na garagem e mata mãe asfixiada, em Curitiba Filho enterra pai na garagem e mata mãe asfixiada, em Curitiba Reviewed by Folha Paraíso on maio 16, 2021 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.